Documento sem título
   
 
 
 
 
 
 
Rua Anchieta, 355 - Jundiaí-SP
 
 
Nesta sessão você encontrará notícias e artigos para manter sua saúde sempre em dia!
 
18/10/2018
Cuidado: esses alimentos não são para vegetarianos

Ser vegetariano é uma escolha que muitas pessoas fazem. Mas em um mundo cheio de comidas processadas, feitas de ingredientes que se parecem mais com um problema de química avançada do que com alimentos reais, fica difícil distinguir o que estamos realmente consumindo.

De batatas fritas, passando por cereais e até sorvete de baunilha, você vai ficar surpreso em saber que muitos alimentos podem ter ingredientes de origem animal.

Molho inglês: Este condimento fermentado, originalmente chamado Worcestershire, contém anchovas.

Sopa de cebola: Embora pareça uma iguaria vegetariana, a tradicional sopa francesa é feita com caldo de carne.

Gelatina: A famosa sobremesa tem entre os principais ingredientes o colágeno, uma versão processada da proteína estrutural, que é encontrada em muitos animais.

Tortilhas: Algumas tortillas contêm banha para tornar a textura desse alimento mais amanteigada. No restaurante, lembre-se de perguntar se a tortilha é feita com esse tipo de gordura animal.

Vinho e cerveja: Muitas marcas de cerveja e de vinho, principalmente as britânicas, utilizam cola de peixe em sua composição. Esse ingrediente é uma gelatina que tem origem de um tipo de peixe de água doce.

Queijo parmesão: O queijo parmesão e muitos outros tipos de queijos costumam sei feitos com coalho, que são enzimas extraídas dos estômagos de animais ruminantes.

Iogurtes sem gordura: Vários iogurtes deste tipo contêm gelatina para dar mais consistência à textura do produto. Mas lembra que este ingrediente deriva de diversas partes do corpo de animais?

Sopa de ervilha: Se esta sopa for feita em sua receita tradicional, o prato costuma ter presunto entre os ingredientes. Mas já existem opções vegetarianas.

Marshmallow: Geralmente, esses doces contêm gelatina. A boa notícia é que já existem variedades dessas guloseimas sem esse ingrediente.

Batatas fritas: Por norma, as batatas são uma iguaria vegetariana. O problema é que vários restaurantes utilizam gordura para fritar as batatas. O McDonalds é um desses estabelecimentos, tendo já sido alvo inclusive de processos por esse motivo. Porém, as batatas desta franquia de fast-food em algumas partes do mundo já têm utilizado de outros métodos para deixá-las fritas e isentas de ingredientes de origem animal.

Açúcar refinado: Muitos fabricantes utilizam ossos de animais carbonizados para clarear o açúcar. No entanto, muitas marcas já contam com opções veganas. O melhor mesmo é pesquisar e optar por uma marca de confiança.

Frijoles: Muitos restaurantes mexicanos tradicionais fazem essa pasta de feijão com óleo.

Sorvete de baunilha: Vários fabricantes de sorvete de baunilha colocam extrato castóreo, uma substância que é extraída de secreção das glândulas anais de um castor. Curiosamente, esse composto tem odor de baunilha e é usado para realçar esse aroma em sorvetes, doces, biscoitos e balas.

Figos: Pode-se dizer que figos não são vegetarianos, uma vez que costumam ter uma vespa morta dentro dessa fruta. Mas não se assuste: é parte natural da polinização dos figos. Mas como isso funciona? O animal entra no fruto, deposita ovos, morre e é absorvido pelo fruto. No entanto, você não encontrará resíduos do inseto no interior do figo devido a uma enzima que transforma a carcaça do inseto em proteína.

Cereais: Muitos cereais matinais contêm marshmallows, que possuem gelatina.

Feijão cozido: Muitas variedades de pratos com feijão cozido contam com bacon ou presunto. A boa notícia é que feijões cozidos em lata de algumas marcas podem ser encontrados nas versões vegetariana e vegana.

Salada Caesar: O molho da salada César costuma possuir anchovas entre os ingredientes.

Mistura para bolo: Muitas marcas de misturas para bolos utilizam banha na fabricação. Porém, já existem opções vegetarianas.

Balas: As pastilhas da marca Altoids contêm gelatina.

Alimentos rotulados de saudáveis para o coração: Muitos alimentos que são rotulados como saudáveis para o coração - como o suco de laranja, os cereais matinais e o leite - têm Ômega 3, ácido graxo que é derivado de peixes.

Tapenade: A receita tradicional desse patê, que tem origem da França, leva anchovas entre os ingredientes.

Pesto: A maior parte das receitas com o molho pesto, que tem origem da Itália, contam com queijo parmesão, que é feito com coalho, a enzima extraída do estômago de alguns animais.

Milho doce: Essa clássica guloseima do Halloween conta com gelatina na sua fabricação.

Doces vermelhos: Os alimentos coloridos, principalmente doces ou bebidas, contêm um corante feito da casca de besouro esmagada, que costuma ser chamado de carmim.

Doces com casca: Geralmente, o revestimento dos doces contém goma-laca, uma resina extraída de insetos. Esta substância costuma ser utilizada em produtos para as unhas como esmalte.

Amendoins torrados: Esses deliciosos aperitivos salgados costumam ter gelatina para manter o gosto do sal.

Donuts: Os donuts de marcas populares, como o Dunkin Donuts, usam uma enzima chamada de L. Cysteine, substância que pode derivar de penas de aves ou dos pés dos porcos.

Fonte: Stars Insider



 
Documento sem título
           
 
Telefone: (11) 3379-4321 / 4521-9858
Rua Anchieta, 355 - Jundiaí-SP

contato@aguamel.com.br
 
Receba em seu e-mail nossas promoções, lançamentos e dicas de saúde!
Home | Agua Mel | Produtos | Canais | Orçamento | Contato
   
Copyright © 2013 - Todos os direitos reservados
Produzido por FrameSet
 
Aceitamos: